Revista Tecnologística destaca Projeto Cinemark

Logística em Cena – É o destaque da matéria da Revista Tecnologística que conta a mega operação logística entre o Cinemark e a Célere para levar novos equipamentos digitais a mais de 300 salas em todo o país.

A rede Cinemark Brasil deu início a um complexo projeto, em larga escala, de digitalização de todas as salas de cinema da rede por todo o país. O item de maior complexidade envolvido na operação foi o referente ao planejamento e à logística de movimentação dos equipamentos, que ficou a cargo da Célere Intralogística, empresa do Grupo Movicarga.

O projeto, que aconteceu de outubro de 2013 a abril de 2014, consistiu no recebimento de equipamentos como projetores digitais e auxiliares e processadores de som dos Estados Unidos e na entrega das cargas em cada um dos 65 cinemas da rede no país, seguindo um estrito cronograma e sem afetar o seu funcionamento.

Com o desafio de transportar e entregar equipamentos sensíveis e valiosos por locais de difícil acesso a Célere enxergou a oportunidade de agregar ao serviço uma extensa documentação de todos os acessos aos cinemas, conforme Guilherme Pereira Osório, CEO do Grupo Movicarga destaca:

“Antes de tudo, foi preciso um trabalho de consultoria para planejar exatamente o que seria feito” (…) “Fizemos todo o mapeamento, e isso gerou a primei- ra parte do projeto. Levamos um book com os acessos de todas as sa- las contempladas. Hoje, a Cinema- rk tem em mãos dados importantes, como onde acessar, quantidades de portas, docas, escadas – com núme- ro de degraus e de lances –, layout das salas, tamanho, restrições de horário etc.”

O desafio era ainda maior, porque os cinemas continuavam funcionando a todo vapor, sem parar suas exibições. Com isso a Célere precisou encontrar horários alternativos e planejar tudo em detalhes

“A premissa era impacto zero nas atividades. Cem por cento da operação foi realizada em horários que não impactavam no funcionamento do cinema. Eu diria que 80% foram feitos durante a noite, da 1h às 9h, mas também houve shoppings em que fizemos a entrega durante o dia, quando existiam aces-sos que não passavam por dentro do shopping, e então deixávamos tudo pronto para a equipe montar quando o cinema fechasse”

Para a Célere, que também é o operador logístico da Formula 1 no Brasil – outra operação com equipamentos sensíveis e valiosos, além da exigência de timing perfeito – a parceria com a Cinemark foi fundamental para o sucesso da operação.

Para saber mais sobre essa reportagem e também sobre o sucesso do Cinemark com sucessos digitais, leia a Revista Tecnologística de Março de 2015!